agri5

 

 

O evento Qatar International Agricultural & Environmental Exhibition, AgriteQ e EnviroteQ, que decorreu dias 23 a 27 de março, no DECC, em Doha, contou com a participação de empresas portuguesas do setor agroalimentar, que tiveram em exposição no stand da Embaixada de Portugal informação sobre os seus produtos e serviços, com o intuito de se apresentarem, ou aumentarem a sua visibilidade no mercado do Qatar.

No certame, o stand da Embaixada de Portugal, serviu como ponto de contacto físico e virtual entre empresas nacionais e empresas locais, com intuito de promover maior dinamismo nas relações comerciais entre Portugal e Qatar.

Empresas de diferentes áreas do setor agroalimentar com prontidão quiseram marcar presença no evento, estando presentes tanto empresas já consolidadas nos mercados nacional e internacional, como empresas a iniciar esforços de internacionalização, procurando expansão para novos mercados, que incluem o Qatar.

As empresas nacionais que marcaram presença:

A FarmCloud, empresa de otimização e controlo processo produtivo, direcionada para os criadores de livestock, empresas manufatoras de equipamentos e analistas de dados, que oferece um serviço de informação centralizada, que é entregue aos seus clientes em tempo real. 

Do setor do Azeite, esteve representado no stand de Portugal, a Azeol e o Centro de Estudos e Promoção do Azeite do Alentejo, assim como alguns dos seus associados, Esporão, Cooperativa Agrícola de Moura e Barrancos, Fundação Eugénio de Almeida, SICA, Vidcavea e Mainova.

A marcar presença também a Paiva, empresa de lacticínios, com a apresentação da sua vasta gama de produtos, sobretudo queijos de elevada qualidade.

A Novarroz, empresa produtora de arroz, que engloba várias marcas reconhecidas no mercado nacional e cujos destinos de exportação já inclui a região do golfo.  

A CarobWorld que desenvolve, produz e distribui produtos à base de alfarroba.

A Cooperativa Social e AgroFlorestal da Vila Nova do Ceira e a Capemel, Cooperativa da Batalha, ambas produtoras de mel de elevada qualidade.

Marcaram também presença a Seia do Tavares, Bacalhau Riberalves, Paladin, Ti Piedade, Fabridoce, e Hardy Smoked Masterpieces, cuja representação no Qatar está a cargo das empresárias portuguesas Raquel Ferreira, Elizabete Marques e Carla Santos, a quem a Embaixada agradece e reconhece o contributo para o dinamismo que se viveu no stand nacional, com benefício para as nossas empresas. A agradecer também a presença do membro do Portuguese Business Council, Francisco Sousa, responsável pelos Business Affairs, pelos conhecimentos partilhados relativamente ao mercado qatari e o tempo dedicado à participação portuguesa na AgriteQ.

A destacar também a participação virtual da AgroAguiar, a Sabores das Quinas e a SugalTomate.

Ao longo dos 5 dias do evento, vários foram os visitantes interessados nas empresas e produtos nacionais, tendo a Embaixada exercido o seu papel de intermediário entre stakeholders setor agroalimentar de Portugal e do Qatar, proporcionando estabelecimento de network e partilha de expertise.

A Embaixada de Portugal, aguarda com entusiasmo a possibilidade de voltar a apoiar as empresas nacionais, que com muito mérito, honraram a participação portuguesa na AgriteQ 2021.

agri3agri4

agri1agri2

  • Partilhe